Susan Boyle Versão Completa Legendado PT BR

Por 25 de abril de 2009Comportamento

[youtube xRbYtxHayXo]

A escocesa demoliu com altivez todos os preconceitos e deu uma lição ao mundo.

Começou como uma febre na internet. Parecia mais um daqueles vídeos feitos para divertir e que logo são esquecidos. Mas ninguém se esqueceu. Susan Boyle virou um fenômeno mundial. Foi vista por mais de cem milhões de pessoas. A história da escocesa ultrapassou a barreira da rede, se transformou em uma obsessão. Há uma semana, ela é a mulher mais falada no mundo. Todos adoram Susan e querem vê-la no topo do show biz.

Ela surgiu como um personagem de conto de fadas, um patinho feio, destituída de qualidades, interiorana. Aos 47 anos, solteira, desempregada, fora de todos os padrões de beleza, solitária. Quer crime mais grave? Nunca foi beijada.

Susan, que ousadia, iria participar de um dos programas de calouro mais populares da TV britânica – “Britain’s got talent”. Entrou no palco tímida, desajeitada, com o rótulo garantido de fracasso.

Na plateia, ecoaram risos de escárnio, de pouco caso. Foi recebida com ironia também pelos jurados. Mas a nossa heroína épica não se intimidou. Com uma rara doçura, nos conduziu a um estado de graça. Quando abriu a boca, revelou a voz de um anjo.

Interpretando “I dreamed a dream”, do musical “Os miseráveis”, extraiu de nós todos os sentimentos: culpa, vergonha, vingança, esperança. A dona do vozeirão demoliu com altivez todos os preconceitos e deu uma lição ao mundo.

A mídia internacional se derrama em editoriais. Mas foi o britânico “The guardian” que resumiu, com uma frase, o sentimento de todos nós, nesse instante raro em que o planeta se curva diante do talento e da simplicidade: “Susan Boyle é feia? Ou somos nós?”

Fonte: http://g1.globo.com/bomdiabrasil

Carlos Ono

Sobre Carlos Ono