http://bit.ly/yabtw – Mudança de hábito: o poder da exceção

Leia mais: http://bit.ly/19IgJQd

A exceção pode ser uma uma grande arma, no entanto, se você não souber fazer um bom uso, essa arma será utilizada contra você. Neste vídeo, saiba como realizar uma mudança de hábito com a ajuda da exceção.

Inércia e Momentum

Você provavelmente se lembra da Primeira Lei de Newton, que diz que todo corpo continua no seu estado de repouso ou movimento uniforme até que seja forçado a mudar de estado. Mover uma gigantesca pedra, por exemplo, pode ser difícil, mas a partir do momento que ela começa a rolar, fica difícil pará-la, não é mesmo? Erico Rocha aprendeu isso ao escutar lições de Tony Robbins, um palestrante motivacional norte-americano muito conhecido por sua experiência com PNL (programação neurolinguística).

Isso também funciona com hábitos. Já percebeu o quanto é difícil começar a praticar uma nova atividade? Seja dormir ou acordar mais cedo, fixar um horário para estudos, ou iniciar a prática diária de atividades físicas.

No entanto, se você já tentou transformar algo em rotina, percebe que, depois de algum tempo, normalmente um ou dois meses, aquilo se torna uma parte importante de sua vida. A inércia seria o momento anterior à pratica da atividade, enquanto o momentum é o que vem depois da prática, ou seja, ele é caracterizado pelo nascimento do hábito.

Por isso que podemos comparar o momentum a uma pedra ou bola de neve que cai de uma montanha. Depois que ele começa, a tendência é que continue ganhando mais força para manter o movimento.

Mudando de direção

Onde é que a exceção entra nessa história? Você provavelmente conhece alguém que disse que ia começar a fazer algo, provavelmente como uma resolução de ano novo. Essa pessoa começa a atividade, faz por duas semanas e depois para. O que aconteceu? Simples, a exceção entrou em plano.

Digamos que a pessoa estava fazendo uma corrida pela manhã, todos os dias. No entanto, ela acordou um pouco mais cansada porque foi dormir muito tarde na noite anterior. O sono foi a desculpa perfeita para dizer “hoje não”, e a exceção foi concluída. Afinal de contas, se você está fazendo algo todos os dias, quando você deixa de fazê-lo isso é uma exceção.

O momentum que estava direcionado para a caminhada acabou de ser redirecionado para um maior período de sono durante a manhã. Tirar esse momentum do sono dará um trabalho bem maior se comparado ao esforço que você teria para simplesmente manter o exercício físico.

Usando a exceção para seu benefício

Se a exceção serve para mudar a direção de um momentum, há como usá-la para o seu benefício. Você só precisa aprender a direcioná-la. Imagine que você quer parar de assistir TV. Tudo que precisa fazer é escolher um dia como exceção. Depois de aplicar essa prática algumas vezes, é provável que você sinta cada vez menos necessidade de assistir TV. Claro, a exceção é apenas uma das ferramentas para ajudar a construir hábitos, mas ela é uma das mais poderosas, já que, se usada de maneira incorreta, pode acabar destruindo-os.

Conclusão

Identifique os hábitos que precisam ser modificados e os que precisam entrar em sua rotina. Com a ajuda da exceção, mude a direção do momentum deles de acordo com sua vontade e veja o quanto isso pode ser benéfico para sua vida.

Carlos Ono

Sobre Carlos Ono