“ Tática é saber o que fazer quando há o que fazer; estratégia é saber o que fazer quando não há nada a fazer”. Tartakower.
Para fazermos movimentos certos, temos de saber o que estamos buscando, do que estamos atrás. Nenhuma quantidade de análise poderá nos fornecer a resposta a essa pergunta. Para alcançar a vitória, estabelecemos estratégias de jogo e escolhemos a melhor linha de ação para executá-las. Enquanto que a estratégia é abstrata e baseada em objetivos de longo prazo, a tática é concreta e baseada na descoberta do melhor lance a fazer de imediato.
A tática é condicional e oportunista, caracterizando-se por ameaça e defesa. Se você não explorar de imediato uma oportunidade tática, o jogo certamente irá se virar contra você. Quando seu oponente comete um erro grave, uma tática vencedora pode surgir de repente e servir como meio e fim. Um tático sente-se em casa reagindo a ameaças e aproveitando as oportunidades no campo de batalha.
Seu problema é como avançar quando não existem movimentos óbvios, quando é necessário ação e não reação. O que realmente você faz quando não há nada a fazer? Chamamos essa fase de jogo “posicional”, porque o objetivo é melhorar nossa posição. Há uma tendência a preguiça nas posições tranqüilas. É nessas ocasiões que um verdadeiro estrategista se destaca, encontrando meios de progredir, reforçar sua posição e se preparar para o conflito inevitável.

A tática deve ser guiada pela estratégia. Toda vez que fazemos um lance, precisamos considerar a reação de nosso adversário, nossa resposta a esta reação, e assim por diante.

Qual é a diferença entre tática e estratégia?

A estratégia pode ser compreendida como a elaboração do planejamento. A tática faz parte da implementação da estratégia definida, ou seja, fazer os movimentos corretos para atingir a estratégia escolhida.

Por que é importante Definir a estratégia?

Definindo uma estratégia, ela funcionará como um guia. Ela nos mostra a nossa posição e permite traçar a melhor trajetória para se chegar a uma determinada posição. Através da Estratégia sabemos onde queremos chegar, o caminho para alcançar esse lugar. Quando estamos em uma posição que não sabemos o que jogar é porque não temos uma estratégia definida.

O que é mais importante, a tática ou a estratégia?

Ambos são importantes. Porém, a eficácia da tática depende da estratégia que deu origem a ela.

Para compreendemos melhor, vejamos algumas comparações entre estratégia e tática:

1) Jogadores com estilo de administradores (posicionais) preferem estratégias e jogadores com estilo de empreendedores (agressivos) preferem táticas.

2) Estratégia visa gerar oportunidades e táticas visam aproveitar oportunidades.

3) Estratégias contêm táticas, mas táticas não contem estratégias. No decorrer de um planejamento estratégico você buscará tática, por outro lado uma tática poderá levar a uma posição que faça você rever a estratégia inicial, mas dificilmente fará com que ela seja totalmente descartada.

4) Estratégias primam pela eficiência e táticas pela eficácia. Estratégias são as opções existentes em uma determinada posição onde deveremos fazer uma escolha do caminho a seguir objetivando ter uma vantagem (de qualidade, posicional ou de iniciativa), já a tática é uma oportunidade surgida da estratégia para obter o resultado (estratégia produz um efeito longo e tática produz um efeito imediato).

5) Estratégia é uma ferramenta de planejamento e tática é uma ferramenta de execução.

6) A estratégia deve estar associada a o que fazer, enquanto que a tática deve estar associada a como fazer.

Este artigo apresenta uma analogia entre o jogo de xadrez e a aplicação de estratégias e planos nas organizações.

Artigo postado por: Everton Carsten da Rosa
Carlos Ono

Sobre Carlos Ono