Contos

Por 23 de novembro de 2014Relacionamentos

A vida me colocou um Anjo dentro de um ônibus no qual quando a vi me interessei e quis
paquerar e até namorar!

1ª Relação = O Orkut me mostrou ela toda feliz de barrigão grávida; fiquei triste mas
feliz por ela, bola para frente; porém a relação não durou nem 4 anos.

2ª Relação = O Facebook me fez reencontrar ela toda perdida e triste por ter terminado um noivado que não derá certo.

3ª Relação = Uma vez me contou sobre um rolo com um policial mas que foi só coisa de
momento.

4ª Relação = Um namoro muito antigo da praia de Santos surgiu do nada; dizia que ele
sempre seria o amor da vida dela, vejo como se ele fosse o cara que a fez perder a
virgindade; porém esta relação não durou muito tempo pois ele já tinha outra namorada e
porque ele também usava drogas.

5ª Relação = Namorava e terminava direto com um namoradinho de infância, quase ficou
grávida dele, corremos nos hospitais para confirmar se estava e ou não grávida; chorava
aos prantos e assustada que não queria ter outro filho tão cedo; já mal conseguia se
sustentar e sustentar o filho atual.

6ª Relação = Começou a ficar e namorar um skatista; afinal ela ama o skate; fiz de um
tudo para conseguir ser o namorado dela, porém errei ao emprestar dinheiro para as suas
dificuldades da vida e errei em lhe dar presentes caros, afinal amizade e dinheiro não se
misturam, é igual óleo e água e ou você perde a amiga e ou você perde o dinheiro; ela até cogitou em me namorar porém disserá que não duraria 3 meses; enfim isto me derá esperanças. Porém pensei que com o tempo ela estaria sozinha novamente e eu tivesse uma real chance; não foi o que aconteceu; ela me apareceu grávida do cara não sei se fora planejado e ou não porém nestes tempos só tem filhos quem quer; descabeçados, inconsequentes, enfim meus conselhos e os da mãe dela foram em vão, decepção total; o que está feito está feito, enfim perdi uma amiga, perdi uma possível namorada, perdi e aprendi a perder mas tentei do possível ao impossível fazer com que ela me enxergasse.

O futuro pertence à Deus e só o tempo dirá se ela fez uma boa escolha e ou não para a
vida dela; desejo para o bem dela que seja feliz porém meu coração e meus conselheiros
disseram que não será; enfim será que eles e eu estamos enganados e ou não? Será que ela está mais perdida com o novo cenário da vida dela e ou não? Enfim queria muito poder ajudar mas eu ajudei e aconselhei, dei o meu melhor; a semeadura é farta mais a colheita é certeira.

Tudo há um porque, nada é por acaso. O melhor é fazer o certo, sumir e tentar se feliz
com uma outra pessoa; se serei e ou não só o tempo dirá; o que sei é que eu tentei; ela
pode namorar quem ela quiser, mas que eu merecia uma chance sim eu merecia.

Enfim, não deu certo paciência.

FIM

onosam

Sobre onosam